Beethoven: Concerto Imperador

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

Data Hora
Sáb 14 Nov 21:30
Público
M/6
Músicos
Orquestra Metropolitana de Lisboa
Jill Lawson, Piano
Pedro Amaral, Maestro

Beethoven: Concerto Imperador

ORQUESTRA METROPOLITANA DE LISBOA

Uso obrigatório de máscara, DL 20/2020 de 1 de maio

A pianista luso-americana Jill Lawson volta a juntar-se à Orquestra Metropolitana de Lisboa, desta vez para interpretar o quinto concerto para piano e orquestra de Beethoven, o último e mais conhecido de todos eles. Alguém o intitulou «Imperador». Mas tal evocação não se referia certamente a Napoleão Bonaparte, cujas tropas bombardeavam a cidade de Viena em 1809, na mesma altura em que a obra foi composta. Na adversidade da situação, o músico respondeu ao som do fogo inimigo com um estilo eloquente e determinado. Mais de duzentos anos passados, ainda ecoa sublime nas entrelinhas da História. Sete anos antes, compusera a Sinfonia N.º 2 num ambiente muito contrastante, entre as paisagens idílicas de Heiligenstadt, uma pequena localidade situada nos arredores de Viena. Nessa altura enfrentava um outro desafio cujas repercussões vieram a marcar bastante mais incisivamente a sua vida, a progressiva surdez. Escreveu então o Testamento Heiligenstadt, a célebre carta com que se dirigiu a seus irmãos exprimindo toda a angústia que sentia. Surpreendentemente, nesta sinfonia predominam estados anímicos combativos e exuberantes, pouco conformes a qualquer estado depressivo.