Os Inimigos da Liberdade – Peça para três escravos

NO ÂMBITO DO 25.º ACASO FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO

Data Hora
Ter 20 Out 21:30
Público
M/12
Info
EQUIPA CRIATIVA
Texto e encenação MANUEL PUREZA
Com Cristóvão Campos, João Craveiro e João Vicente
Cenografia André Amoedo e Tomás Schiappa
Figurinos Mia Lourenço
Desenho de luz João Cachulo
Sonoplastia João Cruz
Produção Teatro da Trindade INATEL

Os Inimigos da Liberdade – Peça para três escravos

NO ÂMBITO DO 25.º ACASO FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO

Os bilhetes de coabitante só estão disponíveis na bilheteira

Os Inimigos da Liberdade, de Manuel Pureza, foi o texto vencedor do PRÉMIO MIGUEL ROVISCO – NOVOS TEXTOS TEATRAIS, edição 2018/2019.
O texto foi editado e levado a cena na Sala Estúdio do Trindade INATEL, de 27 de novembro a 29 de dezembro de 2019.
Este prémio foi criado com o propósito de estimular novos autores para a escrita de textos originais em língua portuguesa, promovendo e divulgando novos valores
literários na área do Teatro.

 

Três homens estão agrilhoados a uma pedra, de grandes dimensões, que arrastam pelas areias de um deserto.
É esse o seu trabalho. Fazem-no desde sempre, ou pelo menos desde que se recordam.
Quando a pedra encrava, deparam-se com o drama de estarem a meio de uma tarefa, no meio do nada, sem perspetivas de a concluir, quanto mais de sobreviver.
A memória atraiçoa-os, a fadiga engana-os e acima de tudo as dúvidas instalam-se com o passar do tempo.
A descoberta vai acontecendo à medida que o deserto se impõe com a sua repetição do nada.
O que fica depois do medo, do desespero e da perda da esperança quando estamos no meio de lado nenhum?

 

Organização: O Nariz Teatro