MEDEIA ao piano com MÁRIO LAGINHA

Data Hora
Sex 01 Jun 21:30
Actores
David Pereira Bastos e Sara Ribeiro
Público
M/16
Duração
1h20m (sem intervalo)
Músicos
Mário Laginha
Info
Texto | Francisco Luís Parreira
Direção e Espaço Cénico | João Garcia Miguel
Figurinos | Rute Osório de Castro
Assistência à Encenação | Rita Costa
Desenho de Luz | João Chicó / Contrapeso
Operação de Som | Jorge Cera
Apoio Técnico | AUDEX
Gestão de Projetos e Produção Executiva | Tiago da Camara Pereira
Assistente de Produção | Rita Prata
Fotografia, Vídeo e Design Gráfico | Susana Chicó
Consultoria de Imagem e Comunicação | Alcina Monteiro e Joana Rosa

MEDEIA ao piano com MÁRIO LAGINHA

Uma primeira ideia que se destaca desta peça é a sua relação entre o passado e o futuro. Esta obra mantém uma atualidade e pertinência que permite refletir sobre a diminuição do poder simbólico no mundo contemporâneo. O texto de Eurípides levanta possibilidades de abordagens múltiplas. Propõe questões sobre o papel do feminino na redefinição do tecido político e social. Propõe questões sobre as transformações das relações interpessoais. Propõe questões sobre a emigração e o estatuto de refugiado que, chegado a um mundo novo e diferente, tudo faz para se adaptar às regras e exigências que lhe são impostas com consequências, por vezes, inimagináveis. Por último, levanta uma questão central sobre os protagonistas da História e a vida dos indivíduos. São estes os pontos que nos irão conduzir na abordagem desta obra em busca das sombras que nos moldam o ser. Correndo contra o tempo, acreditamos estar a fazer um outro tempo.