Ángel Fragua – Anjo, Henry Neylor

26º ACASO Festival Internacional de Teatro 2021

Data Hora
Sex 29 Out 21:30
Público
M/14
Info
Encenação: Ángel Fragua
Tradução: José Paulo Tavares
Desenho de iluminação: Pedro Pires Cabral
Figurino: Claudia Ribeiro
Trechos musicais: Isabel Maria Silva e Raúl Fragua
Fotografia de cena: Lino Silva
Registo Vídeo: Look Closer
Assistente de encenação: Joana Silva
Produção: Ángel Fragua e Teatro de Vila Real

Ángel Fragua – Anjo, Henry Neylor

26º ACASO Festival Internacional de Teatro 2021

(Portugal)


Inspirado  numa  história  verdadeira 
Há uma rapariga na Síria conhecida por “Anjo”. É Rehana. Tem 19 anos, estuda direito e é filha de pais agricultores. Rehana vive em Kobane – uma pequena cidade da Síria junto à Turquia – que um dia é invadida pelo ISIS. Rehana foge para a fronteira com a
intenção de chegar à Turquia, mas a memória do pai que ficou para trás, é mais forte. Rehana volta para Kobane e vai à procura do pai.
Nessa altura, é capturada pelo ISIS e vendida como escrava sexual. Rehana consegue fugir e unir-se ao YPJ – Unidades Femininas de Proteção. A vida vertiginosa acelera: torna-se francoatiradora, mata 100 invasores e passa a ser temida pelo Estado Islâmico, cujos membros acreditam que quem é morto por uma mulher não consegue entrar no paraíso e ter direito às setenta e duas virgens, no outro mundo.
Rehana é uma rapariga, o “anjo” de Kobane.
Uma história narrada por Rehana, que conta a sua história autobiográfica diretamente ao público, através da ‘quarta parede’.

 

ORGANIZAÇÃO: O Nariz – Teatro de Grupo